TuSimple desenvolve controlador de domínio autônomo usando NVIDIA DRIVE Orin.

Atualizado: 5 de mai.


Empresa global com sede nos Estados Unidos que lançou em 2020 a primeira Rede Autônoma de Carga do mundo em 2020, está desenvolvendo uma solução de condução pronta para o comercial e totalmente autônoma (SAE Nível 4) para caminhões pesados de longa distância, fechou parceria com a NVIDIA para projetar e desenvolver um controlador de domínio autônomo avançado (ADC) Nível 4

Fonte: Cision PR Newswire


Caminhões autônomos movidos a Inteligência artificial.

A TuSimple é uma empresa global de tecnologia de condução autônoma, Fundada em 2015, opera uma frota de mais de 50 caminhões autônomos entre o Arizona e a Flórida, com operações no Arizona, Texas, Europa e China..


O design da ADC, objeto da parceria, incorporará o Sistema NVIDIA DRIVE Orin (SoC), que foi projetado especificamente para aplicações de condução autônoma baseadas em IA. A colaboração com a NVIDIA pretende acelerar a capacidade da TuSimple de colocar caminhões autônomos em escala na Rede Autônoma de Frete (AFN) com uma solução de computação pronta para produção, capaz de lidar com os requisitos exclusivos e as poderosas necessidades computacionais do sistema de condução autônoma da companhia.

O NVIDIA DRIVE Orin SoC escalável, oferece 254 TOPS (trilhões de operações por segundo) de desempenho e é o computador central para veículos inteligentes — alimentando recursos de condução autônoma seguros.


Leia Mais:

1 -EUA: Experimentos com caminhões autônomos tiram o fogo dos defensores da segurança

2 -Caminhão autônomo ganha vapor. Sinal amarelo. Entenda o porquê.

3 - Caminhões autônomos fazem sentido? Caminhão de melancias prova que sim.


O ADC que será integrado em futuros programas de produção de caminhões autônomos, é parte integrante do sistema de condução autônoma que serve como uma unidade de computação central de caminhões semiautônomos que processa centenas de TOPS, incluindo funções de percepção, planejamento e atuação críticas da missão, cujo resultado possível é acelerar o desenvolvimento em alto desempenho de nível automotivo e escalável. Essa integração vertical estratégica dará ao TuSimple mais controle sobre as capacidades e acelerará seu cronograma de desenvolvimento.


"Uma ADC pronta para produção de alto desempenho é uma peça crítica para escalar nossa AFN, e estamos assumindo um papel prático para avançar seu desenvolvimento com a ajuda da NVIDIA". Acreditamos que esse movimento nos fornece uma vantagem competitiva significativa na velocidade do tempo para o mercado e na ampliação da nossa posição de liderança no setor." Cheng Lu, presidente e CEO da TuSimple.


A TuSimple que pretende trabalhar com fabricantes terceirizados para a produção da ADC, aproveitará sua proficiência no desenvolvimento de um ADS avançado nível 4 para-caminhões semiautônomos, enquanto a NVIDIA contribuirá com sua experiência em hardware e IA drive Orin com base em suas décadas de experiência projetando plataformas de computação acelerada de ponta. A operadora possuirá direitos de uso do design de referência da ferramenta incluindo certas disposições limitadas de "primeiro uso”.


"Temos sido fortes defensores de nosso parceiro desde o início, primeiro como membro da NVIDIA Inception em 2017, e agora, à medida que eles continuam a abrir trilhas na indústria de caminhões autônomos de longa distância", disse Gary Hicok,vice-presidente sênior de engenharia da NVIDIA.


A TuSimple pretende transformar a indústria global de frete de caminhões de US$ 4 trilhões por meio da principal tecnologia de IA da empresa, o que possibilita que os caminhões vejam 1.000 metros de distância, operem quase continuamente e reduzam o consumo de combustível em 10% em relação aos caminhões conduzidos manualmente.