top of page

Trigo registra maior perda semanal em seis meses; soja avança.

Atualizado: 10 de jan. de 2023

Ampla oferta da região do Mar Negro pesando sobre os preços,



Os contratos futuros de soja e farelo de soja subiram em meio a crescentes preocupações sobre a seca que prejudica as lavouras na Argentina, o maior exportador mundial de óleo e farelo de soja. O mercado também estava sobrevendido após perdas no início desta semana, disseram analistas.

“Os mapas meteorológicos desta manhã retiraram parte da chuva prevista anteriormente para a Argentina na próxima semana”, disse Terry Linn, analista da Linn and Associates em Chicago. “Grãos e farelo estão liderando o caminho, sendo super responsivos a isso.”

O contrato de trigo mais ativo em Chicago terminou em queda de 3,25 centavos a 7,4350 dólares o bushel. Na semana, o trigo perdeu 6%, a maior queda desde julho. A soja mais ativa subiu 21,75 centavos para 14,9250 dólares o bushel e terminou em queda de 2% na semana. O milho subiu 1,25 centavos para 6,54 dólares o bushel e perdeu 3,6% na semana. “Começamos a semana em que tivemos três dias de forte venda em todo o complexo de grãos em geral, incluindo os grãos”, disse Linn. “Esse tipo de venda estruturada não parece estar no mercado hoje.”

 

Texto-base original: Polansek e Julie Ingwersen, para Reuters (via Isto É)

コメント


bottom of page