top of page

Por que é importante comemorar o Dia Internacional da Logística?

O México encontra-se no ponto mais alto da logística, já que se combinam múltiplos fatores que aumentam a atividade, assim como a demanda internacional.


Laura Samaniego, para Club de Carga – (México)

Dia Internacional da Logística: fato a se comemorar

As atividades de comércio exterior e logística representam uma grande porcentagem do Produto Interno Bruto do México, variando entre 49% e 55% de acordo com as estatísticas do INEGI de 2021 e 2022. Nosso alto nível de dependência não é fortuito e se deve ao crescimento exponencial do uso de serviços e grande demanda de mercadorias pelos consumidores finais, bem como o grande intercâmbio comercial do país com diversos países que permitem fortalecer seu comércio exterior.

Em 16 de fevereiro deste ano, foi celebrado o Dia Internacional da Logística, promovido pela Organização Mundial de Cidades e Plataformas Logísticas (OMCPL), e vale a pena mencionar algumas de suas características devido ao importante impacto que tem no México e no mundo. A logística sempre existiu, porém, ao longo da história seu impacto ou relevância em cada país e no mundo tem variado de acordo com as transformações da economia, fenômenos sociais e políticos.

No início do século XXI já se destacava a sua enorme presença nos fenómenos comerciais internacionais, uma vez que eram evidentes os seus contributos para o funcionamento e movimento da vida quotidiana na crescente globalização. Com a constante incorporação de tecnologia em diferentes campos e áreas de produtos e serviços, a logística evoluiu naturalmente para um plano em que oferecer transporte, trâmites alfandegários, trâmites, etc., tornou-se um desafio para satisfazer cada vez mais o consumidor final.

Desta forma, o México encontra-se no ponto mais alto da logística, já que se combinam múltiplos fatores que aumentam a atividade, assim como a demanda internacional que o país tem por diferentes produtos e bens primários. Atualmente, a infraestrutura nacional é enorme e continua crescendo, pois é classificada mundialmente como uma plataforma logística que se conecta a 145 países por meio de seus portos e possui uma malha rodoviária de quase 800.000 quilômetros que combina rodovias federais e estaduais, além de os múltiplos portos estratégicos, aeroportos, redes ferroviárias, alfândegas, etc.

Assim, a logística mexicana se caracteriza por altos índices de demanda que mesclam transporte, armazenagem, alfândega, última milha, desembaraço aduaneiro e outros serviços específicos de extrema importância para completar a cadeia de abastecimento, além do crescimento do investimento estrangeiro que tem permitido às micro, pequenas e médias empresas para desenvolver e competir com empresas multinacionais de logística e encomendas.

O fato de haver um dia em que esta indústria é celebrada internacionalmente significa dar-lhe o reconhecimento pelo que ela implica, pois gera empregos, é um elemento chave na recuperação de qualquer país após a pandemia, representa também um campo muito amplo de profissionalização e especialização, está em crescimento exponencial e também é essencial para o funcionamento da vida cotidiana, pois todos os bens de consumo, construção, manufatura, etc., são possíveis graças à logística.

As empresas mexicanas têm altos padrões de competitividade devido à infraestrutura e capacidades que possuem. Essa indústria é uma das poucas preparadas para um impacto econômico muito alto, fatores como recessão e inflação, bem como a plena possibilidade de adotar mudanças e processos de digitalização aos trancos e barrancos. Um dos aspetos centrais que também devemos reconhecer é a sua resiliência, já passou por crises económicas, pandemias, mudanças bruscas na oferta e na procura, aumento dos custos dos combustíveis, baixo poder de compra dos clientes, etc., e conseguiu manter-se.


Sem dúvida, é um momento crucial para a logística no México, por isso as iniciativas públicas e privadas unem cada vez mais esforços para promover a união e facilitar o intercâmbio comercial com o mundo.

Comments


bottom of page