top of page

Parceria Rumo-CHS vai construir terminal em Alvorada no Tocantíns

A Rumo, maior operadora de ferrovias do Brasil, e a CHS Agronegócio, líder global em originação de grãos, anunciaram uma parceria para a construção de um terminal multimodal em Alvorada, no Tocantins, com capacidade estática de 75 mil toneladas de grãos.


Rumo ao Tocantins

Leitura rápida:

  • Rumo e CHS fecham parceria para terminal em Alvorada (TO)

  • Terminal multimodal vai integrar ferrovia e rodovia na região.

  • O investimento previsto é de R$ 200 milhões em três anos.

  • Terminal terá capacidade para movimentar 1,5 milhão de toneladas por ano.

  • Parceria visa ampliar a competitividade do agronegócio brasileiro.

  • Rumo e CHS vão operar o terminal em conjunto, compartilhando custos e receitas.

  • Terminal faz parte do projeto da Malha Central, que liga Goiás ao Porto de Santos.


A Rumo e a CHS Agronegócio do Brasil, empresa líder em agronegócio nos Estados Unidos, anunciaram uma joint venture para construir e operar um terminal multimodal de armazenagem e transbordo de grãos em Alvorada (TO). O terminal terá capacidade para receber 1,5 milhão de toneladas de grãos por ano com destino ao Porto de Santos (SP) e será o primeiro a ser instalado pela Rumo Malha Central em Tocantins. O projeto prevê a transformação do atual armazém rodoviário da CHS, que tem capacidade estática de 75 mil toneladas de grãos e uma estrutura para secagem e padronização. Será construída uma pedra e uma tulha ferroviária, que permitirão a conexão com a Ferrovia Norte-Sul, recém-concluída pela Rumo. O terminal será operado em conjunto pelas duas empresas, com foco no mercado agrícola e em regime de pool. A escolha de Alvorada (TO) se deve à sua posição geográfica estratégica, à sua relevância para o agronegócio e à sua carteira de clientes já consolidada pelos parceiros. O município é considerado o principal ponto de carga e descarga de grãos da região Sul do estado e tem ótimas condições para receber os fluxos do oeste da Bahia e do leste de Mato Grosso. A parceria tem como objetivo proporcionar mais eficiência no transporte de cargas e gerar competitividade para os produtores locais, fomentando o crescimento da produção. O terminal terá vocação inicial para o transporte de soja e milho, e futuramente farelo. "A Rumo escreveu um novo capítulo na história das ferrovias brasileiras ao entregar a Ferrovia Norte-Sul 100% operacional. A estrutura em Alvorada representa mais um avanço no desenvolvimento logístico do país", afirmou o vice-presidente comercial da Rumo, Pedro Palma. "Estamos honrados em firmar uma nova parceria com a CHS, com quem desde 2021 temos um terminal de fertilizantes em Rio Verde (GO), através da Andali. Nosso objetivo é proporcionar mais eficiência no transporte de cargas e gerar competitividade para os produtores locais, fomentando o crescimento da produção", completou. Segundo o vice-presidente de Global Grain & Processing para a CHS na América do Sul, Horacio Ackermann, a parceria com a Rumo é um passo importante para a expansão dos negócios da empresa no Brasil. "A cidade foi escolhida pela sua posição geográfica estratégica, pela relevância para o agronegócio, e por contar com uma importante carteira de clientes já consolidada pelos players envolvidos na parceria", disse. "Alvorada naturalmente é vocacionada para ser o principal ponto de carga e descarga de grãos da região Sul do Tocantins, é um município importante, pois tem ótimas condições para receber os fluxos da Bahia e do leste de Mato Grosso. Esse crescimento nas regiões maximizará a capacidade total dos portos brasileiros, diminuindo o gargalo logístico do agronegócio", concluiu.



 

Ligações externas:

Comentários


bottom of page