Novas tendências aquecem o mercado e ajudam corretores a diversificarem as carteiras.

O seguro de transporte de cargas tem registrado um crescimento expressivo no país no último ano, com aumento de 23,5%. Nas regiões Norte e Nordeste, a alta também foi significativa, 15,2%.


De SEGS



Seguro de transportes em crescimento.

Após mais de 2 anos em que o todo o mundo se viu imerso em incertezas diante da pandemia de Covid-19, a população já começou a ter esperança diante dos lampejos de retorno à vida normal após grande parte das pessoas já estarem vacinadas. Apesar disso, ficaram algumas lições deixadas pelos momentos mais turbulentos da pandemia e, uma das mais importantes, foi a necessidade de adaptação diante das incertezas que a vida pode apresentar. Por conta dessa necessidade de adequação, novas tendências em várias áreas de atuação e, com elas, surgiram também oportunidades para novos negócios. No ramo segurador não foi diferente. Vários produtos tiveram crescimento significativo.

O ramo de Transporte cresceu em 2021 - De acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a s atividades de transportes e de serviços auxiliares aos transportes e correio cresceram 15,1% em 2021. O desempenho contribuiu para alavancar o crescimento do setor de serviços do país, que apresentou alta de 10,9% na comparação com 2020. O mesmo aconteceu no setor de seguros, com o ramo de Transporte crescendo exponencialmente em 2021. (Fonte: jornal online Rio Preto News) Milhões em prêmios emitidos - Impulsionada pelo aumento da demanda, a Argo Seguros, por exemplo, registrou 246,7 milhões de prêmios emitidos no ano passado, segundo levantamento da Superintendência de Seguros Privados (Susep). Esse volume manteve a companhia entre as cinco principais seguradoras de transporte do país, com prêmio emitido de R$79,4 milhões em Transporte Nacional; R$76,6 milhões em Transporte Internacional e R$100,9 milhões em seguros de Transportadores.

Atendimento diferenciado nesse setor - Para o Head Transportador da Argo Seguros, Ivor Moreno, o resultado é fruto também das ações que a companhia vem promovendo nos últimos meses. “Acredito que se deve muito ao nosso atendimento diferenciado nesse setor; do nosso foco em trading, agentes de cargas e despachantes; e dos investimentos em novas tecnologias”.

Central de gerenciamento de risco -- Recentemente a companhia lançou o ‘Radar Argo’, a central de inteligência de gerenciamento de risco da seguradora, que tem o objetivo de contribuir para maior segurança dos embarcadores e transportadoras e, consequentemente, na redução de custo da sinistralidade. Como funciona? - O serviço tem a capacidade de analisar se todos os itens da apólice estão sendo mesmo executados, como por exemplo, se os sensores da carga e a trava do baú estão funcionando normalmente; e se a escolta está na distância correta com relação ao caminhão. Outro benefício está na agilidade de pagamento do sinistro, já que facilita o trabalho do regulador na aferição se todos os itens da apólice estavam sendo cumpridos. Seguro de vida cresce 119% - Segundo o SindsegSP, as vendas de seguros de vida na BB Seguros, em 2021, tiveram um crescimento de 119% na faixa entre 18 e 20 anos e de 103% para pessoas com 21 a 25 anos. O ramo de seguros para pessoas acumulou R$46,4 bilhões em prêmios no ano passado, de acordo com um levantamento da Fenaprevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida). O estudo apontou um aumento de quase 13% em relação a 2020. A Fenaprevi declarou que os sinistros também avançaram mais de 50% no acumulado de janeiro a novembro de 2021 sobre mesmo período de 2020, puxado pela pandemia.

Mais de 70% somente em um Estado - Os prêmios de Seguro de Vida e Acidentes Pessoais da Bradesco Vida e Previdência registraram crescimento de 71,4% em Alagoas no primeiro trimestre de 2022, frente ao mesmo período do ano passado, de acordo com o jornal Correio dos Municípios Primeira colocação no ranking estadual O crescimento levou a empresa à primeira colocação no ranking estadual, com 27,1% de market share, segundo dados da Susep. Em âmbito nacional, a empresa é líder no segmento de Seguro de Vida e Acidentes Pessoais, tendo registrado market share de 21,2% e expansão de 17,1% de janeiro a março de 2022. Seguradora dobrou as vendas em 2020 A ESSOR Seguros, seguradora especializada na venda de apólices para embarcações dobrou suas vendas de seguros em 2020 e cresceu a dois dígitos no primeiro trimestre de 2021. Fabio Pinho, CEO da seguradora, comentou na ocasião que: “Muitas pessoas deixaram de viajar para o exterior neste período pelas restrições de mobilidade e decidiram comprar barco, que passou a ser uma ilha segura nestes tempos de pandemia” (Fonte: JRS)

É um mercado muito específico - Para Pedro Simões, especialista em embarcações da ESSOR, o mercado náutico oscila muito com a entrada e saída de seguradoras. “Este é um mercado específico e é preciso ter muita experiência para fazer uma subscrição de risco adequada. É preciso ser especialista e ter programas de gerenciamento e mitigação para oferecer aos clientes a assessoria e a tranquilidade que eles buscam ao comprar um seguro”. As vendas de seguros para embarcações ultrapassou R$ 346 milhões - Segundo dados da Susep, as vendas de seguros para embarcações, incluindo o risco de responsabilidade civil, ultrapassou R$346 milhões em 2020, 62% acima dos R$215 milhões de 2019. “Nestes números estão incluídos outros ramos, como barcos de pesca, por exemplo, o que distorce a estatística de barcos de passeio. O que sabemos, com base nos dados nossos e dos concorrentes, é que seguro para barco de passeio registrou crescimento de 20% em 2020”, informou a reguladora.

Não falta oportunidade para vender - Não falta oportunidade para o corretor diversificar sua carteira vendendo seguros que se tornaram tendência entre os mais variados públicos. Os números apresentados revelam um mercado aquecido e com inclinação para se tornar ainda mais próspero, vide a necessidade crescente de proteções múltiplas diante de riscos tão variados.


 

Os textos. reproduzidos por TRC ON TIME não refletem necessariamente o endosso do site quanto seu conteúdo ou opiniões..

A presente matéria é reproduzida de outra publicação e obedece a legislação brasileira de direitos autorais (Artigo 46 da Lei nº 9.610 / 1998) / This article is reproduced from another publication and complies with Brazilian copyright legislation (Article 46 of Law No. 9,610 / 1998 Copyright Article 46 of Law No. 9,610 of February 19, 1998

cubpb.gif