top of page

Minério de ferro cai sob pressão de aumento de estoques em portos da China

Volume importado armazenado nos portos chineses foi estimado em 136,5 milhões de toneladas em 3 de fevereiro, o maior desde o início de dezembro

Texto-base original: Reuters, via Infomoney


Lenta recuperação do setor

Os contratos futuros de minério de ferro nas bolsas de Dalian e Cingapura caíram para mínimas de três semanas nesta terça-feira, com o aumento dos estoques portuários na China pesando sobre os preços já pressionados pelas fracas perspectivas de demanda.


O minério de ferro mais negociado, para entrega em maio, na Dalian Commodity Exchange da China encerrou o comércio diurno com queda de 0,7%, a 840,50 iuanes (123,86 dólares) a tonelada. Mais cedo, caiu para 828,50 iuanes, a menor cotação desde 17 de janeiro.


Na Bolsa de Cingapura, o contrato de março de referência do minério de ferro chegou a cair até 2,4%, para 120,30 dólares a tonelada, menor nível desde 18 de janeiro.


O volume de minério de ferro importado armazenado nos portos chineses foi estimado em 136,5 milhões de toneladas em 3 de fevereiro, o maior desde o início de dezembro, mostraram dados da consultoria SteelHome.


“O aumento dos estoques de minério de ferro e produtos siderúrgicos estão refletindo a demanda chinesa mais fraca após o feriado (Ano Novo Lunar), com a reabertura agora esperada devendo impactar o consumidor mais do que a atividade de construção/habitação”, disseram analistas da Westpac em nota.


Os formuladores de políticas da China, maior produtora mundial de aço, planejam aumentar ainda mais o apoio à demanda doméstica este ano, mas provavelmente não gastarão muito com subsídios diretos ao consumidor, informou a Reuters, citando fontes próximas às discussões políticas.


Enquanto isso, analistas disseram que os últimos indicadores do mercado imobiliário chinês mostraram uma lenta recuperação do setor, que responde por uma parcela considerável da demanda doméstica de aço, apesar do apoio do governo aos desenvolvedores.


Outros insumos siderúrgicos subiram na bolsa de Dalian, com carvão metalúrgico avançando 1,1% e o coque ganhando 0,6%.


Comentários


bottom of page