top of page

Azul assina compromisso para proteção da biodiversidade brasileira

A companhia aérea aderiu ao Compromisso Empresarial Brasileiro com a Biodiversidade. A Azul se compromete a implementar ações concretas para minimizar os impactos de suas operações no meio ambiente. A adesão foi elogiada por organizações ambientais e mostra a crescente conscientização das empresas em relação à sustentabilidade e conservação da biodiversidade.


Azul: voando alto rumo à sustentabilidade

A companhia aérea Azul anunciou a assinatura do Compromisso Empresarial Brasileiro para a Biodiversidade, uma iniciativa do Instituto LIFE que tem como objetivo mobilizar empresas para a conservação da biodiversidade brasileira. Com a adesão, a Azul se compromete a implementar ações concretas para minimizar os impactos de suas operações no meio ambiente.


Entre as ações previstas pela companhia estão a redução do consumo de plástico a bordo, a adoção de práticas sustentáveis em suas instalações e ações de conscientização junto a seus colaboradores e clientes. Segundo a empresa, essas medidas fazem parte de um plano de sustentabilidade que já vinha sendo implementado antes da adesão ao compromisso.


Segundo Jason Ward, vice-presidente de Pessoas, Clientes e ESG da Azul, essa assinatura é mais uma decisão importante da companhia para oficializar sua posição – e seu plano estratégico – diante de um dos temas mais importantes hoje para a sociedade. “Todas as nossas decisões na companhia passam pelo olhar da equipe e direção envolvidas diretamente com ESG. Estar, portanto, entre os signatários desse Compromisso pela Biodiversidade é um grande orgulho, mas também uma responsabilidade e uma missão que desejamos assumir e para as quais estamos preparados”, comenta.


A adesão da Azul ao compromisso foi elogiada por organizações ambientais. Para Guilherme Karam, diretor de conservação do WWF-Brasil, a iniciativa é um passo importante para a proteção da biodiversidade brasileira. “A Azul é uma empresa com grande impacto ambiental e a assinatura desse compromisso mostra que ela está comprometida em minimizar esses impactos e contribuir para a conservação da biodiversidade”, disse Karam em entrevista.


O Compromisso Empresarial Brasileiro para a Biodiversidade foi lançado em 2019 pelo Instituto LIFE em parceria com outras organizações ambientais e já conta com a adesão de mais de 70 empresas em todo o país. O objetivo da iniciativa é mobilizar o setor empresarial para a conservação da biodiversidade brasileira, reconhecida como uma das mais ricas do mundo.


Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o Brasil abriga cerca de 20% das espécies de plantas e animais do planeta, além de possuir seis biomas diferentes, como a Amazônia e o Cerrado. No entanto, a biodiversidade brasileira tem sido ameaçada por atividades humanas como a expansão da agricultura, a pecuária e a mineração.


Para Célio Bermann, professor de Energia e Sustentabilidade da Universidade de São Paulo (USP), a adesão de empresas ao compromisso é fundamental para a conservação da biodiversidade. "O setor empresarial é responsável por grande parte dos impactos ambientais e por isso é fundamental que essas empresas assumam compromissos para minimizar esses impactos e contribuir para a proteção da biodiversidade", afirmou Bermann.


Com a adesão ao Compromisso Empresarial Brasileiro para a Biodiversidade, a Azul se junta a outras grandes empresas do país, como Natura, Ambev e Bradesco, na mobilização pelo meio ambiente. A iniciativa mostra que as empresas estão cada vez mais conscientes da importância da sustentabilidade e da conservação da biodiversidade para o futuro do planeta.


 

Com informações de: Panrotas, WWF, Portal G1.globo.com, Senado Notícias, Senado Federal


Comments


bottom of page